Um convite à (re)descoberta da escrita e do tempo.

 Com esta coleção, temos* a ousada intenção de unir a ação da escrita com o tempo. Os movimentos nada automáticos da caneta bico de pena, como mergulhar sua ponta na tinta, encontrar a melhor posição e descobrir a velocidade e pressão necessárias para imprimir o resultado desejado no papel, exigem atenção e permitem uma maior reflexão sobre o quê e como queremos nos expressar.

Ponta da caneta bico de pena
Pingente de prata com cordão trançado preto e branco

 A pena (ponta da caneta em prata 950) é uma joia e, quando desencaixada do cabo de madeira, pode ser utilizada como pingente.

CANETA

Mulher branca escrevendo com caneta bico de pena com fundo branco

Um resgate para contrapor o instantâneo.
Um reencontro com a sensibilidade.

Zoom na camiseta preta de um homem branco com pingente de prata em cordão bicolor

PINGENTE

 A coleção teve início com a descoberta de penas antigas do meu avô e com a vontade de resgatar um hábito que pode contribuir muito para o momento atual, que nos obriga a diminuir o ritmo e a estar presente, como uma forma de meditação ativa.

 A Coleção TEMPO é um presente completo. Sua pena (em prata 950) funciona como caneta quando encaixada ao cabo de madeira, e como pingente quando utilizada com um cordão. A peça acompanha um kit composto por: estojo de encaixe feito com a mesma madeira do cabo da caneta , cordão bicolor de fios de algodão entrelaçados manualmente, caderno tamanho A5, sacola pequena em algodão orgânico** para transporte e nanquim. Disponível em duas tonalidades de madeira: Guajuvira e Pau-Marfim.

Caneta com bico de pena em prata e cabo e estojo em madeira escura rajada

GUAJUVIRA

Caneta com bico de pena em prata e cabo e estojo em madeira escura rajada

PAU MARFIM

KIT COMPLETO

Estojo de papel branco e preto com carimbo de ampulheta sobre sacola de algodão com caderno e marcador de páginas dentro

*Esta coleção foi desenvolvida em conjunto com a minha mãe, Janine Michel, que é arquiteta e artista plástica.

**As sacolas foram produzidas pela Cooperativa Central Justa Trama